.

Recent Articles

E se alguém se oferecer para comprar as vossas alianças de casamento?

Parentes mais chegados podem querer presentear os noivos com a compra das alianças de casamento. Uma madrinha bem-intencionada poderá oferecer-se para ser ela a comprar. Mas essas pessoas nem sempre sabem o valor actual das peças e isso pode ser uma condicionante durante a escolha.

Se isto já lhe aconteceu, ou pensa que poderá acontecer, pode-se tornar uma situação muito constrangedora. Provavelmente a pessoa que ofereceu só tem possibilidades de comprar alianças até determinado valor, e vocês podem sentir que não têm toda a liberdade em escolher aquelas que serão as vossas alianças de casamento durante uns bons pares de anos. Ou então já tinham em mente um modelo que acaba por ser bem mais dispendioso do que aquilo que vos estão a oferecer. É natural que sintam necessidade de fazer alguma coisa, pois não vão querer estar na situação de olhar todos os dias para uma aliança de que não gostam.

Mas então o que poderão fazer para alterar a situação? Primeiro, se não vos falaram em limites tentem conversar para saber com quanto podem contar. Não devem levar a mal esses limites pois a pessoa pode ter realmente gosto na oferta mas não ter possibilidades para mais. Mas imaginemos que estão na situação descrita acima, em que esse valor não é suficiente. Simplesmente conversem com essa pessoa e explicam quão importante é terem o modelo que desejam mas que entendem que a pessoa não pode pagar tanto. Tentem não parecer mal-agradecidos, pois por vezes podem não ser entendidos e até magoar quem vos está a tentar ajudar. Por exemplo, podem explicar que agradecem a ajuda e que irão por do vosso bolso o valor em falta e assim comprarem as alianças de casamento que querem.

Nestas situações, o melhor é mesmo ser-se sincero, mas nunca deixar de falar com tacto para não ferir os sentimentos de ninguém e para que tudo se resolva da melhor forma.

Os preços das alianças de casamento

Os gastos com a festa, o vestido, os brindes e tantas outras coisas necessárias para este dia são tantos que quando chega a hora de comprarem o “vosso presente” acabam por querer poupar o máximo! É verdade que isso acontece com muitos casais.

Mas a escolha mais acertada não é poupar naquilo que os poderá acompanhar durante uma vida. As alianças de casamento podem ser muito duradouras e aguentar muitos anos se as escolherem bem e poupar nesta altura não é a melhor escolha pois acabam por mais tarde ter que gastar mais para comprar outras.

Mas vejamos então quanto terá de gastar. O mais barato que talvez consiga são alianças à volta dos 100 euros. Normalmente, a maioria dos casais gasta em torno dos 300 ou 400 euros para escolherem um modelo que lhes agrade sem ser extremamente dispendioso. Mas as alianças de casamento podem subir até aos 500 euros ou mais, principalmente dependendo da pureza do ouro, do trabalhado e, principalmente, se possui algumas pedras. Mas, se não quer gastar muito dinheiro o melhor que tem a fazer é procurar ourivesarias pequenas. A qualidade não é inferir, e muitas fazem tamanhos e formatos personalizados. A diferença está mesmo no preço, pois quando compra alianças de marca acorre o mesmo que com outros produtos, paga mais pela marca do que pelo trabalho e o material. Também é preciso ter em atenção que algumas casas fazem o preço dependendo do peso da aliança, enquanto outras fazem preços iguais para duas alianças do mesmo modelo. Se algum dos dois possui dedos mais pequenos pode ser melhor comprarem a peso pois ainda poupam uns euros. Se não for o caso é melhor optarem pela segunda opção.

Mas o importante é nunca se esquecerem que essa será a peça que vos irá acompanhar todos os dias e não devem pensar apenas no preço, mas também no que realmente gostam.

Escolher as alianças de casamento

Já alguma vez pensou que há tipos de alianças de casamento que se adequam mais a certos formatos de mão e dedos? Tal como os modelos de roupa não caem bem a todas as pessoas, o mesmo acontece com as alianças de casamento, mesmo que muitas pessoas não dêem muita importância a esse aspecto em particular.

Para a maioria dos casais, o aspecto mais importante e que tem mais peso na hora da compra é os gostos pessoais. Mas, se pensarmos bem, há muito mais a ter em consideração antes de arriscar numa compra. Neste artigo verá como o formato das nossas mãos pode influenciar a vossa escolha.

Já alguma vez viu uma pessoa com os dedos mais grossos com um anel daqueles muito finos de outro? Isso pode ficar realmente estranho, pois não só o anel não de destaca como pode até ser incomodativo para a pessoa. Na escolha das alianças de casamento devem ter em atenção o tamanho e grossura dos dedos do casal. Se forem mais do tipo fino e comprido, não convém escolherem umas alianças muito pesadas, mas tirando isso normalmente todos os formatos ficam bem. Se a situação for a descrita no exemplo, uma pessoa com os dedos mais curtos e grossos, é um grande erro escolher umas alianças extremamente fininhas. O melhor é optar por umas alianças de casamento largas, um pouco arredondadas para que assim se tornem mais confortáveis. Mas não excessivamente grandes pois ainda farão os dedos parecerem mais pequenos e largos.

O assunto complica-se se os dois tiverem as mãos totalmente diferentes. Principalmente porque os homens têm normalmente mãos mais fortes que, por esse motivo, pedem umas alianças mais resistentes. Por um lado podem escolher alianças diferentes, mas se não gostarem dessa opção o melhor é escolherem umas alianças clássicas, de tamanho médio e apenas ligeiramente arredondadas. Desse modo têm a certeza que a escolha não irá falhar.

« 1 2 3 4 »